MENU

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Neymar ganha prêmio por gol mais bonito; Messi é o melhor do mundo

with 0 comentários

Neymar pode comemorar mais uma conquista individual. Nesta segunda-feira, o santista levou o prêmio Puskas, honra dada pela Fifa ao autor do gol mais bonito da temporada 2011. Além disso, o astro também terminou como o 10º melhor do mundo, na premiação vencida por Lionel Messi. Ao lado das grandes estrelas do futebol mundial, o atacante fez a sua “estreia” no palco mais importante do futebol mundial: na Suíça, em festa de gala organizada pela entidade que comanda o esporte no mundo.

- Estou feliz por participar e vencer. Foram tantos gols bonitos e estava concorrendo com dois craques que sou fã. Quero agradecer a Deus e desejar boa festa a todos - discursou Neymar após receber o troféu das mãos do mexicano Hugo Sanchez.

Concorrente de Lionel Messi (Barcelona) e Wayne Rooney (Manchester United), Neymar garantiu o troféu em homenagem ao histórico jogador húngaro pelo lance mais bonito em um dos melhores jogos do Campeonato Brasileiro da temporada passada. O atacante marcou na derrota de 5 a 4 do Santos para o Flamengo, na Vila Belmiro.

Presente em Zurique, Neymar também pôde confirmar o que está cada vez mais conhecido entre os fãs do esporte. O ganhador do prêmio Puskas foi decidido por meio dos torcedores, que usaram a internet depositaram mais de 1,5 milhão de votos, segundo números da Fifa.
 
Esta é a segunda vez que o atleta santista foi indicado ao prêmio. Em 2010, seu gol diante do Santo André, pela fase classificatória do Campeonato Paulista, ficou entre os dez mais bonitos. Neymar não conseguiu estar entre os finalistas – Hamit Altintop levou o troféu na eleição da Fifa.

Este ano, o santista entrou na lista de 23 jogadores pré-classificados ao prêmio Bola de Ouro, dado ao melhor jogador do mundo. Neymar, o único jogador que atua fora da Europa na relação, não se classificou para a final. Os classificados foram Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e Xavi e, como esperado, o argentino ficou com o troféu pela terceira vez consecutiva.

Entre as mulheres, Marta perdeu a oportunidade de conquistar o sexto troféu da sua carreira ao ser superada pela japonesa Homare Sawa. O Japão, por sinal, também teve o melhor técnico do futebol feminino, Norio Sasaki, fruto do título da Copa do Mundo de 2011, disputada na Alemanha.

Entre os técnicos, Pep Guardiola foi o grande escolhido, ficando à frente de Alex Ferguson (Manchester United) e José Mourinho (Real Madrid).

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget